Neve cobre Roma pela primeira vez em mais de 20 anos

Em 11 de fevereiro de 1986, uma camada de dez centímetros de gelo se formou sobre a capital italiana

Efe,

12 de fevereiro de 2010 | 11h28

Adolescentes brincam em área em frente ao Coliseu. Foto: Alessandro Di Meo

 

ROMA - A neve caiu de forma intensa em Roma desde o começo da manhã desta sexta-feira, 12, e começou a se acumular nas vias do centro histórico da capital da Itália, o que não ocorria desde 1986.

 

Em poucas horas, um manto de neve encobriu os principais monumentos da capital, como o Coliseu, a Fontana di Trevi e a Piazza Navona, assim como a Praça de São Pedro, no Vaticano.

 

Roma não via neve desde a madrugada de 27 de janeiro de 2005, quando caíram alguns flocos. A última vez que a capital italiana ficou coberta de neve, porém, foi no dia 11 de fevereiro de 1986, quando a cidade amanheceu com quase dez centímetros de gelo em suas ruas do centro.

 

Os romanos vivem um dia difícil, já que muitas linhas de ônibus tiveram que ser suspensas diante da impossibilidade de circular, enquanto os turistas aproveitam a neve. Até agora, não há registros de problemas nos aeroportos romanos de Ciampino e de Fiumicino.

 

O mau tempo afeta toda a Itália e também a ilha da Sardenha, onde neva há 16 horas, o que levou inclusive à interrupção do trânsito em trechos de estradas.

 

Neve cai sobre Piazza Barberini enquanto freiras tiram fotos. Foto: Alessandro Di Meo

Tudo o que sabemos sobre:
romaneveItáliaclima

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.