Nos EUA, Sarkozy perde a paciência e grita com fotógrafos

Presidente francês chegou a invadir embarcação de jornalistas que registravam seu passeio por lago americano

Associated Press

06 de agosto de 2007 | 13h35

Embora esteja de férias nos Estados Unidos, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, parece ainda não ter conseguido relaxar completamente. Alvo de curiosidade, sua visita descompromissada ao país está sendo acompanhada de perto pela imprensa internacional - o que deve estar irritando o líder europeu.    Galeria de fotos    Pelo menos foi esse o tom da reação do presidente ao perceber que, no domingo, 5, dois fotógrafos americanos - um da Associated Press e outro freelancer - registravam seu passeio pelo Lago Winnipesaukee, no Estado de New Hampshire. Ele chegou a pular no barco utilizado pelos repórteres para exigir que ambos parassem de tomar as imagens.   Segundo o fotógrafo da AP Jim Cole, antes de serem abordados por Sarkozy, ele e o jornalista Vince DeWitt pediram autorização a um barco da polícia para permanecerem no lago.   "Ele estava feliz e sorrindo, e acenou para a equipe de segurança", disse Cole referindo-se ao presidente. "Quando ele percebeu que estávamos tirando fotos, sua expressão de contentamento sumiu imediatamente."   Os jornalistas disseram ter visto Sarkozy apontando e seguindo de barco em direção a eles. Vestido apenas em calções de banho, o presidente teria pulado na embarcação dos repórteres e começado a gritar.   "O presidente estava muito agitado, falando alto e rápido em francês", disse DeWitt.   Os repórteres disseram repetidas vezes que não falavam o idioma, e pediram aos outros passageiros do barco que fizessem as vezes de tradutor. Ninguém respondeu ou interveio.   Sarkozy chegou a pegar a câmara de DeWitt, mas a devolveu para o repórter. Foi quando uma mulher, que não se identificou, explicou em inglês que o presidente francês gostaria de ser deixado em paz.   O presidente francês só se acalmou e voltou para seu passeio depois que os fotógrafos prometeram parar de tirar fotos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.