Nostalgia marca visita de Raúl Castro à Rússia

O presidente de Cuba, Raúl Castro, participou na quinta-feira de um almoço temperado pela nostalgia na Rússia. O encontro, onde se serviu toucinho e vodca, ocorreu em um antigo alojamento de caça do Politburo, visitado por Raúl e por seu irmão Fidel duas décadas atrás. "Eu me lembro com nostalgia o momento quando assamos toucinho na floresta", disse Raúl Castro ao presidente russo, Dmitry Medvedev. "Não sei se comerei toucinho com pão preto desta vez, mas cá estou", disse Castro a Medvedev, sentados diante da lareira da residência presidencial de Zavidovo, na região de Tver, a oeste de Moscou, usada no passado por líderes soviéticos. Durante a Guerra Fria, Cuba foi um aliado-chave para Moscou em seu impasse com os Estados Unidos e Fidel Castro e seu irmão mais novo, Raúl, então um assessor, eram convidados frequentes do Kremlin e da residência de Zavidovo. As relações esfriaram após o colapso da União Soviética, em parte porque a crise econômica que se seguiu deixou a Rússia sem dinheiro para continuar financiando seu aliado no Caribe. Nos últimos anos, porém, a Rússia renovou seu interesse pela América Latina, incluindo Cuba. Em novembro, Medvedev visitou Havana para conversar com Raúl Castro e para um breve encontro com Fidel. "Estou muito satisfeito em encontrá-lo não apenas na Rússia, mas nesse lugar na floresta onde você já esteve antes", disse Medvedev ao líder cubano na quinta-feira. "Isso foi há muito tempo e estamos muito gratos que a sua visita ocorra após praticamente 25 anos." Raúl Castro é o primeiro líder cubano a visitar Moscou desde que seu irmão mais velho compareceu ao Congresso do Partido Comunista em 1986. A última vez que Raúl Castro havia visitado Moscou foi em 1984, para o funeral de um oficial soviético. Na quinta-feira, Medvedev levou Castro para um passeio pela floresta em Zavidovo e os dois líderes almoçaram juntos. As conversações formais ocorrerão na sexta-feira no Kremlin. O ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, disse que Rússia e Cuba planejam assinar uma série de acordos, incluindo um sobre cooperação energética.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.