Novo jato militar russo vai voar até o fim do ano, diz Sukhoi

O jato militar de quinta geração da Rússia fará seu voo inaugural até o fim do ano, disse à Reuters em entrevista o projetista da aeronave.

REUTERS

20 de agosto de 2009 | 08h26

Quando perguntado se o avião de combate ainda faria um voo em 2009, o diretor-geral da empresa fabricante Sukhoi, Mikhail Pogosyan, respondeu: "Não vamos medir esforços para isso acontecer este ano, e eu acredito que temos todas as razões para dizer que este trabalho está progredindo dentro dos planos."

Pogosyan também disse que o novo Superjet civil russo para transporte de passageiros pode dividir até 20 por cento do mercado mundial de aviação regional entre 5 e 10 anos.

"Esperamos que, em nosso segmento de companhias aéreas regionais, vamos assumir uma participação de 15 a 20 por cento do mercado global", disse ele em entrevista à Reuters Television.

"Achamos que vai levar de 5 a 10 anos para conseguir isso. Acho que é absolutamente realista", acrescentou.

(Reportagem de Dmitry Solovyov)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIACACASUKHOI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.