Obama e Berlusconi visitam região destruída por terremoto

Presidente americano foi recebido com aplausos por operários responsáveis pela reconstrução de Áquila

Efe,

08 de julho de 2009 | 14h44

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, percorreram nesta quarta-feira, 8, as regiões destruídas pelo terremoto que atingiu em abril a cidade de Áquila, sede da cúpula do G-8

 

Veja também:

linkG-8 não pedirá sanções ao Irã e condenará Pyongyang por teste

linkG-8 diz que ainda existem perigos para economia global

linkG-8 se reúne em meio a 'crise de identidade'

linkPotências desistem de meta de corte de emissão de CO2

linkBerlusconi acompanha Merkel em cidade destruída por tremor

 

Cercados por forte segurança, Obama escutou atentamente as explicações do primeiro-ministro enquanto examinavam as tarefas de reconstrução da cidade, onde o terremoto deixou quase 300 mortos.

 

Foto: Reuters

 

Um dos locais que mais impressionaram o presidente americano foi o edifício da Prefeitura, completamente destruído pelo terremoto. Ao longo do percurso, muitos operários dos trabalhos de reconstrução se aproximaram da comitiva e os receberam com aplausos em diversas ocasiões.

 

Foto: Reuters

 

O terremoto que atingiu a região central da Itália no dia 6 de abril teve magnitude de 5,8 graus na escala Richter e deixou milhares de famílias desabrigadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Barack ObamaItáliaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.