Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Pais de Madeleine fazem apelo de Natal por menina desaparecida

Os pais da menina inglesa desaparecidaMadeleine McCann divulgaram um vídeo neste sábado com um novoapelo por informações sobre seu paradeiro e com uma mensagem deNatal para a filha, na qual lhe pedem para "ser corajosa". Madeleine desapareceu há mais de sete meses, pouco antes doseu aniversário de 4 anos, durante férias familiares nobalneário de Praia da Luz, em Portugal. Os pais da menina, colocados sob suspeita dodesaparecimento pela polícia portuguesa, acreditam que a filhafoi levada do apartamento de veraneio, enquanto eles jantavamcom amigos num restaurante das redondezas. "Madeleine, muito provavelmente você não vai ouvir isso,mas é papai e mamãe que estão falando", diz a mãe, Kate, noapelo gravado. O vídeo traz imagens da menina abrindo presentesde Natal no ano passado. "Nós sentimos muito a sua falta, estamos fazendo tudo parater você de volta. Seja corajosa, meu amor. Nosso único pedidode Natal é ter você de volta." O caso de Madeleine com regularidade ocupa as primeiraspáginas dos jornais britânicos. No último vídeo gravado na casado casal, em Rothley, no centro da Inglaterra, o pai dacriança, Gerry, afirmara que seria o pior Natal da família. Kate McCann fez um apelo direto a quem tenha informaçõessobre a sua filha, a quem pode acabar com "toda essa angústia edesespero". "Imploramos para que você nos ajude a ter Madeleine denovo. Por favor, apareça", disse. O casal contratou detetives particulares para ajudar nasbuscas da filha, depois de terem sido eles própriosconsiderados suspeitos no caso, em setembro. Apesar de toda a investigação, o paradeiro da meninapermanece um mistério.

MICHAEL HOLDEN, REUTERS

22 de dezembro de 2007 | 11h06

Tudo o que sabemos sobre:
GBRETANHAAPELOMADELEINE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.