Países da UE se comprometem a buscar solução para o Kosovo

Ministros da região consideraram resolução fundamental para a credibilidade externa do bloco

Efe,

08 de setembro de 2007 | 11h13

Os países da União Européia (UE) se comprometeram neste sábado, 8, a buscar juntos uma solução para o estatuto do Kosovo, questão que consideraram fundamental para a credibilidade externa do bloco e para a estabilidade de toda a região dos Bálcãs.   "Não concebo que no final do processo vejamos os Estados Unidos firmes em sua posição, a Rússia firme na sua e a Europa em sua ausência", disse o presidente rotativo do Conselho da UE, o ministro português Luis Amado.   Ao final de um debate entre os ministros de Assuntos Exteriores europeus sobre o futuro do Kosovo, Amado reconheceu em entrevista coletiva que "o risco mais crítico que enfrentamos (na UE) é o de não continuar juntos".

Tudo o que sabemos sobre:
KosovoUnião Européia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.