Papa Bento 16 será recebido na Espanha com greve em aeroportos

A Jornada Mundial da Juventude, festival católico que contará com a presença do papa Bento 16 e reunirá mais de um milhão de fieis em Madri na próxima semana, poderá ser prejudicada por uma greve nos serviços dos aeroportos espanhóis.

REUTERS

08 de agosto de 2011 | 14h10

Cerca de 800 trabalhadores da Swissport-Menzies, uma das empresas que cuida do gerenciamento de bagagens nos aeroportos da Espanha, foram convocados para uma greve por não-cumprimento do convênio coletivo do setor.

"Os três sindicatos convocantes anunciaram uma greve de 24 horas no setor de gestão de equipamentos de todos os aeroportos espanhóis para os dias 18 e 26 de agosto", afirmou o sindicato Comisiones Obreras em sua página na Internet.

A Jornada Mundial da Juventude atrairá mais de um milhão de católicos a Madri de 16 a 21 de agosto. O papa deve chegar a Madri no dia 18, coincidindo com o primeiro dia previsto de greve.

Outras complicações também podem ocorrer já que, segundo relatos na mídia, os trabalhadores do metrô também podem decretar uma greve semelhante à que provocou um caos em Madri em junho.

(Reportagem de Cristina Fuentes-Cantillana)

Tudo o que sabemos sobre:
ESPANHAPAPAGREVE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.