Papa deve visitar região atingida por tremor em 1º de maio

Vaticano ressalta que data é apenas uma "hipótese", mas que trabalha para que a viagem seja realizada

Ansa,

16 de abril de 2009 | 11h20

A Santa Sé informou nesta quinta-feira que o papa Bento XVI poderá visitar no dia 1º de maio a região italiana de Abruzzo, área que foi atingida por um terremoto no último dia 6.

 

Veja também:

Berlusconi inaugura escola em tenda de acampamento

 

Segundo a Sala de Imprensa vaticana, esta data "no momento" é apenas uma "hipótese", mas a Santa Sé está trabalhando para que a visita ocorra no dia 1. O anúncio de que Bento XVI iria à região foi feito pelo próprio Pontífice durante a audiência geral da quarta-feira passada.

 

Na ocasião, o Papa se dirigiu aos moradores de Abruzzo dizendo esperar encontrá-los "assim que possível". "Queridíssimos, espero assim que possível encontrá-los. Saibam que o Papa reza por todos, implorando a misericórdia do Senhor para os mortos e o conforto materno de Maria e o sustendo da esperança cristã para os familiares e sobreviventes", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Bento XVIItáliaterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.