Papa estaria ansioso por visitar Irlanda do Norte, diz arcebispo

A decisão do papa Bento 16 de elevar oarcebispo Sean Brady à condição de cardeal seria um sinal deque o pontífice está interessado em visitar a Irlanda do Norte,disse na quinta-feira o arcebispo de Dublin, Diarmuid Martin. O papa nomeou na quarta-feira 23 novos cardeais católicos,entre eles Sean Brady, que é arcebispo de Armagh, na Irlanda doNorte, e primaz de toda a Irlanda. "Vejo a nomeação dele também como sinal do interesse dopapa Bento 16 em vir para a Irlanda do Norte, mesmo que não nofuturo imediato", disse Martin no texto de um discursoproferido na Universidade de Nova York. O predecessor de Bento, João Paulo 2o, visitou a Repúblicada Irlanda em 1979 mas não foi à Irlanda do Norte, devido aonível das tensões sectárias na época. Em maio deste ano, políticos católicos e protestantes, quedurante décadas foram arquiinimigos, ingressaram num governo departilha do poder na Irlanda do Norte, marcando o início daestabilidade política numa província marcada por anos deviolência. Martin disse que tal visita do papa teria "um significadosimbólico de pôr fim a uma era em nossa história e marcar aabertura para algo novo, Norte e Sul". A imprensa irlandesa já publicou no passado que uma visitado papa à Irlanda do Norte poderia ser feita em conjunto comuma visita da rainha Elizabeth, de modo a agradar tanto aosnacionalistas, em sua maioria católicos, que defendem a uniãoda Irlanda do Norte com a Irlanda, quanto os protestantes,favoráveis à Grã-Bretanha. Sean Brady disse na quarta-feira que é a primeira vez nahistória que a Irlanda terá três cardeais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.