Paris torna Dalai Lama 'cidadão de honra' da cidade

A Prefeitura de Paris tornou o líderespiritual tibetano Dalai Lama cidadão honorário nestasegunda-feira, ampliando as tensões entre França e China antesdos Jogos Olímpicos de Pequim. A decisão de homenagear o Dalai Lama foi apoiada peloprefeito socialista Bertrand Delanoe e os seus aliadosambientalistas, mas não teve o apoio do partido de direita dopresidente Nicolas Sarkozy ou dos comunistas. As relações entre França e China sofreram ao longo da ondade protestos pró-Tibete que tumultuaram a passagem da tochaolímpica por Paris mais cedo neste mês. Irritado pela reação chinesa com os protestos, o prefeitotomou a decisão de tornar o Dalai Lama seu cidadão honorário. "O Dalai Lama é um homem de diálogo e de paz", disseDelanoe a jornalistas. "É dever de Paris, em nome dos valoresuniversais, apoiá-lo." (Reportagem de Thierry Levêque)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.