Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Parlamentares russos aprovam ampliar mandato presidencial

Uma proposta para estender o mandato do presidente da Rússia por mais dois anos ficou mais perto de se tornar lei nesta quarta-feira, quando a Câmara dos Deputados russa aprovou o texto. Críticos afirmam que a ampliação do mandato presidencial de quatro para seis anos é parte de um esquema para que o poderoso ex-presidente Vladimir Putin retorne ao antigo cargo, mas autoridades do Kremlin negaram qualquer plano com essa intenção. A câmara baixa do Congresso russo aprovou a emenda por 351 votos a favor e 51 contra. A proposta, além de ampliar o mandato presidencial, estende também o dos parlamentares de quatro para cinco anos. Os legisladores comunistas foram os únicos a votar contra a emenda. A mudança no mandato do Kremlin foi proposta pelo presidente Dmitry Medvedev, mas ela não se aplicaria à sua gestão. Alguns analistas disseram que a emenda constitucional poderia ser usada como uma justificativa legal para se pedir uma eleição antecipada, na qual Putin, que agora atua como influente primeiro-ministro, poderia concorrer. O porta-voz de Putin disse que não há planos para uma eleição antecipada. (Reportagem de Aydar Buribaev)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.