Parlamentares turcos tomam posse, inclusive políticos pró-curdos

Os novos parlamentares turcos tomaramposse neste sábado. O partido de situação, de origem islâmica,manteve a sua maioria após as eleições do mês passado, e pelaprimeira vez em 16 anos políticos pró-curdos terão assento naAssembléia. O primeiro grande desafio do Parlamento será escolher onovo presidente do país, e a elite secular turca teme que opartido do governo tente agora forçar a eleição do seucandidato. O pleito legislativo foi realizado depois que o Exército seopôs à decisão do primeiro-ministro Tayyip Erdogan de apontar oaliado com passado islâmico Abdullah Gul para presidente dopaís. No pleito legislativo, o partido AK, de Erdogan, ganhou349 cadeiras das 549, e o premiê deve continuar no cargo. Na posse deste sábado, deputados da agremiação pró-curdosromperam a tradição e fizeram o seu juramento na língua turca. No passado, partidos defensores da mesma causa forambanidos por insistir em usar a língua curda. Mais de 30 mil pessoas morreram desde que a guerrilhascurdas lançaram em 1984 a campanha por um território próprio naTurquia. Os políticos pró-curdos dizem buscar a reconciliação, masnão têm a confiança de muitos turcos. O partido curdo tem 20assentos no Parlamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.