Partido derrotado pedirá revisão dos resultados na Romênia

Social-democratas alegam que houve fraudes na eleição presidencial; órgão europeu respalda resultado

Efe,

07 de dezembro de 2009 | 12h27

O Partido Social Democrata da Romênia anunciou nesta segunda-feira, 7, que pedirá a revisão dos resultados das eleições presidenciais do domingo, das quais o atual presidente centro-direitista Traian Basescu, saiu vencedor após a apuração de 99,9% dos votos apurados.

 

"As constatações do dia e da noite anteriores nos confirmam a fraude no segundo turno das eleições", declarou Liviu Dragnea, secretário-geral do PSD. Segundo os últimos dados do Gabinete geral eleitoral, Basescu onteve 50,3% dos votos enquanto o social-democrata Mircea Geoana teve 49,6%.

 

O PSD comemorou a vitória após ser publicada uma pesquisa de boca de urna que apontava Geoana como o vitorioso com 51% dos votos.

 

Respaldo

 

A delegação da Organização para a Segurança e Cooperação da Europa (OSCE) que fiscalizou o processo eleitoral assegurou, entretanto, que "os padrões foram respeitados", embora foram constatadas irregularidades que devem ser investigadas "urgentemente". Vários incidentes de tentativas de compra de votos e votações múltiplas de um único eleitor foram denunciadas nas eleições do domingo.

 

"O segundo turno confirma nossa opinião inicial segundo a qual esta eleição se desenvolveu de acordo com as normas da OSCE", declarou Vadim Zhdanovich, chefe da missão da entidade em Bucareste, acrescentando que as irregularidades devem ser investigadas.

Tudo o que sabemos sobre:
RomêniaBasescuGeoana

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.