Partido do premiê Gordon Brown sofre derrota na Grã-Bretanha

O Partido Trabalhista, que governa aGrã-Bretanha, sofreu sua maior derrota em 40 anos nasexta-feira, prejudicando o primeiro-ministro Gordon Brown emseu primeiro teste nas urnas desde que substituiu Tony Blair nopoder. Brown, que enfrenta uma crise econômica global um racha nopartido, agora também tem pela frente o fortalecimento dosConservadores nas próximas eleições parlamentares, queocorrerão, o mais tardar, em 2010. "Se a crise econômica continuar até 2010, Brown está emrisco", disse à Reuters Robert Worcester, do instituto depesquisas Mori. Com dois terços dos resultados contados nos conselhoslocais na Inglaterra e no País de Gales, a BBC estima que osConservadores conseguiram 44 por cento e o Partido Trabalhista,apenas 24 por cento, um ponto atrás dos Democratas. Depois de ouvir o veredicto decepcionante, Brown disse:"Para mim, é óbvio que esta noite foi decepcionante, de fatouma noite ruim para os trabalhistas". "Meu trabalho é ouvir e liderar e é isso que eu vou fazer",disse ele a repórteres depois da derrota eleitoral. Antes de assumir como premiê, em junho do ano passado,Brown foi ministro das Finanças por dez anos. Em abril, ospreços dos imóveis britânicos sofreram a pior queda em 15 anos. Os conservadores já foram dominantes, à época de MargarethTatcher e Winston Churchill. Seu líder, David Cameron, disse:"Acho que este é um momento muito importante para o partidoConservador, mas não quero que ninguém pense que merecemosganhar as eleições somente porque o governo falhou." (Reportagem adicional de Jodie Ginsberg)

MICHAEL HOLDEN E PAUL MAJENDIE, REUTERS

02 de maio de 2008 | 08h32

Tudo o que sabemos sobre:
GBRETANHAELEICOESBROWN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.