Passageiro bêbado desperta alerta de sequestro em vôo russo

Um passageiro em um vôo doméstico na Rússia foi motivo de um alerta de sequestro na sexta-feira, disse uma fonte à agência de notícias Interfax. Este é o segundo incidente do tipo em um avião com russos em nove dias. Um homem que gritava "Allahu Akbar" (Deus é maior) exigiu que o avião que saía de Sochi, no Mar Negro -- local que sediará as Olimpíadas de Inverno de 2014 -- em direção a Moscou desviasse sua rota para Viena, na Áustria, disse a fonte inicialmente. Mais tarde, a Interfax citou outra fonte, que disse que o distúrbio foi causado por um passageiro bêbado e que a situação já tinha sido resolvida antes de o avião pousar. "A situação está sob controle", disse a fonte, segundo a Interfax. Sochi é uma cidade bastante popular entre os russos. Fica apenas a algumas horas das regiões muçulmanas de Inguchétia e Chechênia, onde as forças russas lutam para manter o controle sobre insurgentes rebeldes. A órgão regulador da aviação russa informou que o vôo -- da companhia SkyExpress -- pousou em segurança no aeroporto de Vnukovo. "Dezessete minutos depois da decolagem, um dos passageiros disse que havia uma ameaça de explosão", disse um porta-voz do órgão. "A aeronave pousou em segurança em Vnukovo e a FSB (agência interna de segurança da Rússia) já está lidando com a situação". Na semana passada, a companhia Turkish Airlines disse que um bêbado afirmou ter uma bomba em um vôo que levava turistas russos entre as cidades de Antalya e São Petersburgo. (Por James Kilner)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.