Pesquisas apontam Clegg como vencedor do primeiro debate no Reino Unido

Em alguns casos, liberal democrata foi apontado como ganhador por mais da metade dos eleitores

estadão.com.br

16 de abril de 2010 | 14h20

Clegg, Cameron e Brown protagonizaram o 1º debate televisionado no Reino Unido. Ken McKay/Efe

 

LONDRES - O líder do Partido Liberal Democrata do Reino Unido, Nick Clegg surgiu como um potencial nome para ocupar o cargo de primeiro-ministro após o primeiro debate eleitoral transmitido pela televisão da história britânica, revela uma pesquisa publicada nesta sexta-feira, 16, e realizada pelo jornal The Guardian e pelo centro de pesquisas ICM.

 

Segundo o estudo, um quarto dos eleitores que assistiram ao debate desta quinta-feira, do qual também participaram o atual premiê, Gordon Brown, do Partido Trabalhista, e o líder conservador, David Cameron, disseram que mudariam de voto, sendo que a maioria optaria pelos liberais.

 

Clegg também foi o preferido entre os eleitores quando questionados sobre quem venceu o debate. O liberal foi apontado como o vencedor por 51%, enquanto Cameron e Brown receberam 20% e 19% das indicações respectivamente.

 

Os próprios partidários dos trabalhistas e dos conservadores admitiram a vitória de Clegg. Brown foi considerado o vencedor por 43% de seus eleitores, enquanto o liberal foi apontado por 44%. Entre os conservadores, 44% apontaram Cameron como o vencedor, mas Clegg foi considerado o melhor por 46%.

 

Segundo o levantamento, Clegg fez as intenções de voto nos liberais subir 14 pontos percentuais. Seu partido foi escolhido por 35% dos eleitores, pouco atrás dos conservadores, que teriam 36% dos votos. Os trabalhistas ficaram bem atrás, com apenas 24%.

 

A pesquisa ainda aponta que Clegg teve um grande impacto no que diz respeito à transição de votos entre os líderes. Segundo os dados, 23% das pessoas que assistiram ao debate mudaram de ideia em quem irão votar. Entre os eleitores conservadores, esse índice é de 25%. Por parte dos trabalhistas, chega a 21%.

 

Mais da metade dos que disseram que irão mudar o voto apoiará os liberais democratas - 54%. Outros 17% revelaram que transfeririam o voto para os trabalhistas. Já os conservadores atraíram apenas 13% de novos eleitores.

 

Outras pesquisas

 

A vitória de Clegg foi reafirmada por outros órgãos de pesquisa britânicos. A Times Populus fez um levantamento no qual 61% apontaram o liberal como o vencedor do debate, enquanto Cameron e Brown receberam 22% e 17% das indicações respectivamente.

 

Embora com menos expressividade, ele também saiu vitorioso na pesquisa da Sky News, com 37% dos eleitores considerando-o o melhor da noite. Brown teve 32% dos votos e Cameron, 31%.

 

O estudo do site YouGov, do jornal The Sun, tradicionalmente apoiador dos trabalhistas, também colocou Clegg como o vencedor do debate com 51%, enquanto Cameron teve 29% e Brown ficou bem atrás, com 19%.

 

Na pesquisa divulgada pelo canal ITV, transmissor do debate, 43% consideraram Clegg o ganhador, frente a 26% que deu a preferência a Cameron e 20% que escolheram o atual premiê.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.