Pesquisas mostram que gregos são a favor de governo de coalizão

Duas pesquisas de opinião na Grécia mostraram maior apoio popular a uma proposta de governo de coalizão para liderar o país por vários meses, em vez de antecipar eleições, informaram jornais locais neste sábado.

REUTERS

05 de novembro de 2011 | 15h13

Uma pesquisa encomendada pelo jornal Proto Thema mostrou que 52 por cento do público são a favor de que o plano seja executado pelo primeiro-ministro, George Papandreou, enquanto 36 por cento querem eleições antecipadas, como proposto pela oposição conservadora.

Outra pesquisa, encomendada pelo jornal Ethnos, diz que o apoio pelas mesmas ideias são de 45 por cento e 41,7 por cento, respectivamente.

O líder da oposição conservadora na Grécia, Antonio Samaras, repetiu neste sábado sua exigência para que Papandreou renuncie e que o país promova eleições antecipadas.

Samaras, líder do partido Nova Democracia, disse ainda apoiar a ideia de um governo de coalizão de curto prazo focado em conseguir aprovação parlamentar para um resgate da zona do euro à Grécia antes das potenciais eleições.

Logo depois, o gabinete do presidente grego, Karolos Papoulias, anunciou um encontro com Samaras no domingo.

Mais cedo neste sábado, Papandreou havia dito ao presidente da Grécia que a nação precisa de um consenso político para provar que quer manter o euro, lançando sua tentativa para uma nova coalizão de governo para salvar o país da falência.

(Por Renee Maltezou e Karolina Tagaris)

Tudo o que sabemos sobre:
GRECIAGOVERNOCOALIZAOPESQUISAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.