Piloto é detido em Londres após reprovar no teste do bafômetro

Profissional que levaria Boeing 777 até São Francisco estava com limite de álcool acima do permitido para voar

Efe,

20 de outubro de 2008 | 08h08

Um piloto foi detido no domingo, 19, no aeroporto de Heathrow sob suspeita de estar acima de limite de álcool permitido para voar, segundo informou nesta segunda-feira, 20, a polícia britânica. O profissional de 44 anos foi preso no Terminal 1 do aeroporto londrino depois de passar pelo teste do bafômetro, porém foi libertado sob fiança e deverá se apresentar às autoridades do aeroporto no próximo dia 16 de janeiro. Segundo o jornal britânico The Sun, o profissional trabalha na companhia United Airlines e pilotaria um Boeing 777 até São Francisco, nos EUA. O vôo sofreu um atraso de três horas por conta da indisponibilidade de outro piloto para o trajeto. A United Airlines assinalou em nota que "a política sobre o álcool da empresa é uma das mais restritas do setor e não toleramos o abuso ou violação da política já estabelecida. A segurança é nossa prioridade número 1 e o piloto foi retirado de suas funções enquanto cooperamos com as autoridades e realizamos uma investigação completa".

Tudo o que sabemos sobre:
Reino Unido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.