Plano quadrienal da Irlanda será publicado na terça, diz jornal

O plano quadrienal da Irlanda para reduzir seu déficit será publicado na terça-feira, antes de qualquer pacote de ajuda financeira internacional, informou neste sábado o jornal The Irish Times.

JODIE GINSBERG, REUTERS

20 de novembro de 2010 | 12h51

Autoridades do FMI (Fundo Monetário Internacional) e da Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, estão em Dublin para discutir um pacote para auxiliar a Irlanda a recuperar seus bancos em dificuldade após preocupações sobre os passivos bancários e planos para reestruturar a dívida na zona do euro, em meio ao aumento dos custos de empréstimos.

No mês passado, a Irlanda dobrou para 15 bilhões de euros a quantia de capital que o país calculou como necessária para controlar o seu déficit até 2014, uma medida que o ministro das Finanças diz ter o objetivo de assegurar que o país não vai precisar de uma ajuda externa. Mas essa estratégia não conseguiu acalmar os mercados.

O chefe do banco central irlandês reconheceu nesta semana que o país precisa de um empréstimo de dezenas de bilhões de euros para reforçar o setor bancário, que ficou dependente dos fundos do Banco Central Europeu e viu a saída de depósitos nos últimos seis meses.

O The Irish Times disse que o governo, que é altamente impopular e tem uma frágil maioria parlamentar, antecipou a publicação de seu plano fiscal quadrienal para que ele possa ser identificado como uma proposta do governo, e não uma saída dirigida pela Europa ou pelo FMI.

O jornal informou que o plano será publicado na terça-feira, citando fontes irlandesas que não quiseram ser identificadas. Um porta-voz do governo afirmou à Reuters, no sábado, que o plano seria publicado no começo da próxima semana, mas não especificou uma data.

Um pacote de ajuda internacional deve ser anunciado pouco depois.

"O gabinete vai se encontrar amanhã para assinar o documento de 160 páginas, que projeta como o Estado reduzirá as despesas," informou o jornal, acrescentando que um outro plano, para reestruturar o setor bancário, também deve ser finalizado neste fim de semana.

Fontes afirmaram à Reuters que a Irlanda pode precisar de ajuda entre 45 bilhões e 90 bilhões de euros, dependendo de se o país necessitará de auxílio apenas para os seus bancos ou também para a dívida pública.

Tudo o que sabemos sobre:
IRLANDAPLANOFINANCEIRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.