Polícia acha depósito do ETA com explosivos na Espanha

A polícia autônoma do País Basco, na Espanha, localizou um depósito com explosivos durante uma operação na qual foram detidos dois supostos integrantes do grupo separatista ETA, confirmaram autoridades nesta quinta-feira.

REUTERS

28 de janeiro de 2010 | 19h10

No local havia materiais para fabricar amonitol, um explosivo altamente destrutivo usado em muitos dos atentados do grupo separatista, segundo um comunicado do Departamento do Interior do governo basco.

A polícia autônoma do País Basco, Ertzaintza, havia detido em Ondarroa outros dois supostos integrantes do ETA, elevando para sete o número de detidos, depois da operação policial iniciada na madrugada de terça-feira.

O ETA tinha em seu poder vários tipos de drogas e instrumentos para o narcotráfico, além de armas e materiais para fabricar explosivos.

Os detidos, acusados de terem participado do atentado contra uma delegacia da polícia autônoma em Ondarroa em setembro de 2008, contava com um quilo de um explosivo, o PETN, usado normalmente para fabricar bombas.

(Reportagem de Arantza Goyoaga em Bilbao e Raquel Castillo em Madri)

Tudo o que sabemos sobre:
ESPANHAETADESCOBRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.