Polícia alemã prende 2 homens suspeitos de tramar atentado

Homens, de origem árabe, teriam comprado produtos químicos para fabricação de explosivos

REUTERS

08 Setembro 2011 | 07h59

BERLIM - A polícia alemã deteve dois homens originários do Oriente Médio por suspeita de que estavam comprando material para um atentado com bomba, disse nesta quinta-feira, 8, um porta-voz policial em Berlim.

Eles foram identificados como um homem libanês-alemão de 24 anos e um outro de 28 anos, da Faixa de Gaza. Os dois são suspeitos de terem comprado produtos químicos para fabricar um artefato explosivo, disse a polícia, que informou ter revistado dois apartamentos e um centro cultural islâmico na capital alemã.

"Nós estamos investigando a suspeita preparação de um grave ato de violência", afirmou o porta-voz, acrescentando que as investigações estavam sendo conduzidas havia meses. "Nós estamos procurando substâncias químicas próprias para a fabricação de explosivos".

A operação policial foi realizada apenas duas semanas antes da visita do papa Bento 16 à Alemanha e apenas alguns dias antes das cerimônias para lembrar o décimo aniversário dos atentados de 11 de setembro no Estados Unidos.

Mais conteúdo sobre:
ALEMANHA POLICIA COMPLO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.