Polícia britânica libera dois após acusação de posse de químico

A polícia britânica liberou nesta sexta-feira dois homens que foram presos sob leis antiterrorismo após serem removidos os indícios de que eles possuiam contêineres de peróxido de hidrogênio, substância química usada nos ataques suicidas de 2005 em Londres. A polícia achou dois contêineres de 25 litros, ambos marcados com "peróxido de hidrogênio", em um apartamento durante uma busca como parte de um inquérito sobre drogas na cidade ao sudoeste de Bristol. Testes forenses mostraram que o líquido nos contêineres não era peróxido de hidrogênio, nem perigoso, baseado em óleo. Um dos homens presos tem 21 anos e é do Afeganistão. O outro, da Somália e por volta dos 50 anos. Os dois foram liberados sem nenhuma acusação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.