Polícia espanhola intercepta veleiro brasileiro com 1 tonelada de cocaína

Operação aconteceu na sexta-feira, 16, após ser descoberto que um grupo de traficantes planejava receber um carregamento de drogas na Espanha

EFE

17 de julho de 2010 | 11h59

MADRI - A Polícia da Espanha interceptou, em pleno Atlântico, na altura das ilhas Açores (Portugal), um veleiro de bandeira brasileira carregado com 1.200 quilos de cocaína e com destino ao território espanhol, como informaram neste sábado, 17, à Agência Efe integrantes da investigação.

 

A operação, desenvolvida de forma conjunta pelo Grupo Especial de Resposta ao Crime Organizado (Greco) da Galícia e o Serviço de Vigilância Aduaneira, aconteceu ontem após ser descoberto que um grupo de traficantes planejava receber um carregamento de drogas na Espanha.

 

No curso da investigação, foi localizado um veleiro nas imediações das ilhas Açores, encarregado de transferir a cocaína até a Galícia, no noroeste da Espanha. Na abordagem, os agentes do Grupo Especial de Operações (GEO) detiveram três britânicos.

 

A suspeita é de que o carregamento tenha chegado aos Açores em outro barco, de maiores dimensões, e que depois a droga tenha sido levada ao veleiro para tentar driblar a forte vigilância no litoral espanhol.

 

O veleiro foi rebocado até um porto das ilhas Canárias, aonde chegará ao longo da próxima semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.