Polícia espanhola prende 11 suspeitos de colaborar com Al Qaeda

A polícia espanhola prendeu pelo menos 11 pessoas em Barcelona e em Valência suspeitas de falsificar documentos para a Al Qaeda, informou a mídia espanhola na terça-feira, citando fontes policiais. A investigação ainda estava aberta e pode ser ampliada para outras partes da Espanha, embora ainda não esteja claro se todos os detidos tinham ligações com o grupo islâmico, informou a imprensa. A polícia de Barcelona não estava imediatamente disponível pata confirmar as informações. A Espanha sofreu o ataque mais violento promovido por militantes islâmicos em solo europeu, quando trens de Madri foram alvos de bombas em março de 2004, matando 191 passageiros e ferindo outros 1.800 três dias antes de uma eleição geral. (Reportagem de Tracy Rucinski)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.