Polícia espanhola prende marroquino acusado de apoiar Estado Islâmico

Homem distribuía material de propaganda do EI e recrutava novos seguidores, conforme a polícia espanhola

Reuters

26 de outubro de 2016 | 05h31

A polícia espanhola prendeu um marroquino acusado de espalhar mensagens militantes do Estado Islâmico e de tentar recrutar seguidores, segundo declarou o ministro do Interior nesta quarta-feira, 26. 

O homem foi preso em Calahorra, na região central espanhola de Rioja. Segundo a corporação, ele mantinha ligações com outro marroquino preso em dezembro, na cidade de Pamplona. 

O marroquino preso agora é acusado de distribuir material de propaganda em apoio ao Estado Islâmico e de dar apoio a atividades de vários grupos militantes que operam no Iraque e na Síria. 

A Espanha está em alerta e intensificou medidas de segurança após os ataques de Paris no ano passado, com 50 pessoas presas até agora neste ano sob suspeita de manter conexões com militantes do Estado Islâmico. /Reuters

Leia também:

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.