Polícia finlandesa prende jovem após ameaça via internet

Adolescente de 16 anos afirma que vídeo não passa de uma piada; computador do rapaz é confiscado

Agências internacionais,

11 de novembro de 2007 | 11h08

A polícia da Finlândia prendeu um jovem de 16 anos que postou um vídeo no site YouTube com ameaças de ataque a uma escola. A ameaça aconteceu dias após oito pessoas terem sido assassinadas por um estudante que publicou vídeo similar na internet.  Após massacre, Finlândia revê lei de armasNovas ameaças na web levam pânico a escola da Finlândia Segundo a polícia finlandesa, o adolescente disse que a gravação não passava de uma piada. O jovem, que vive em Maaninka, no leste do país, foi detido na sexta-feira, 9, e seu computador, confiscado, de acordo com nota da polícia divulgada neste domingo, 11. A ameaça em vídeo contra a escola em Maaninka acontece dias após Pekka-Eric Auvinen, de 18 anos, ter atirado em seis colegas, dois professores e em si mesmo com uma pistola na escola Jokela. Auvinen iniciou as publicações de vídeos nos quais afirmava planejar um massacre na última segunda-feira. A última gravação fora postada menos de uma hora antes do tiroteio. Ameaças parecidas foram feitas contra escolas em Kirkkonummi e Tuusula, também na Finlândia, na sexta, o que fez com que muitos estudantes saíssem das escolas antes do horário habitual.

Tudo o que sabemos sobre:
FinlândiaYoutubeassassinatomassacre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.