Polícia italiana prende chefe da Camorra na Espanha

Criminoso era o terceiro mais procurado da Itália; chefe de tráfico internacional do grupo também foi detido

Efe,

27 de janeiro de 2010 | 11h50

Um dos chefes da máfia Camorra napolitana, Paolo Di Mauro, foi preso nesta quarta-feira, 27, pela Polícia italiana em Barcelona, na Espanha, informou uma fonte das forças de segurança.

 

Junto a Di Mauro, o terceiro criminoso mais procurado da Itália, foi detido Luigi Mocerino, cujo nome também figura na lista dos mais buscados do país.

 

Segundo a Polícia, Di Mauro é o atual chefe do clã Contini da Camorra, a mais sanguinária das máfias, enquanto Mocerino é responsável pelo tráfico internacional de drogas do grupo.

Tudo o que sabemos sobre:
máfiaItáliaComorra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.