Polícia italiana prende chefe da máfia em Nápoles

Um chefe mafioso consideradocomo um dos 30 fugitivos mais perigosos da Itália foi preso emNápoles, informou a polícia italiana no sábado. Edoardo Contini, de 52 anos, foragido há sete anos, foipreso na tarde de sexta-feira nos subúrbios da cidade deNápoles, no sul do país, reduto da organização criminosaCamorra. "Edoardo Contini foi talvez o chefe mais perigoso emNápoles", afirmou em um comunicado o ministro italiano doInterior, Giuliano Amato, acrescentando que a polícia operseguia há mais de um ano. A prisão ocorreu após uma série de investidas contra amáfia siciliana, incluindo a captura do "chefe dos chefes" daorganização, Salvatore Lo Piccolo, foragido por aproximadamente25 anos. (Por Laura Viggiano)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.