Polícia italiana prende líder da máfia siciliana

Foragido há 25 anos, Salvatore Lo Piccolo é apontado como 'chefe dos chefes' da organização criminosa

Reuters e Efe,

05 de novembro de 2007 | 09h02

Salvatore Lo Piccolo, apontado pela Justiça italiana como o novo "chefe dos chefes" da máfia siciliana, foi preso nesta segunda-feira, 5, informou a polícia. Lo Piccolo, que era foragido havia 25 anos, foi preso nos arredores da capital da Sicília, Palermo, em uma operação que deteve também seu filho, Sandro, e dois outros chefes mafiosos. A polícia disse que os quatro estavam entre os 30 suspeitos da máfia mais procurados do país. A justiça italiana acredita que Salvatore Lo Piccolo liderava o crime organizado desde a prisão no ano passado do ex-chefe Bernardo Provenzano. Provenzano, conhecido como "o trator" por dizimar seus inimigos quando jovem, se tornou uma lenda após ficar foragido por 43 anos. Em janeiro deste ano, a polícia antimáfia divulgou um retrato falado de Salvatore Lo Piccolo, já que, assim como ocorria com Provenzano, só se tinha fotos antigas do acusado. O retrato falado sobre como Lo Piccolo foi foi feito graças às indicações do mafioso detido e agora colaborador da Justiça Ninno Giuffrè, informou a imprensa italiana. Em uma primeira reação após a detenção, o procurador de Palermo Francesco Messineo disse que seu escritório está muito satisfeito. "Os personagens detidos não são meros fugitivos, mas chefes mafiosos que exercitavam seu poder sobre o território", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIAMAFIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.