Polícia portuguesa convoca pais de Madeleine para depor

Kate e Gery McCann são convocados depois do resultado de análises no quarto e nas roupas da menina

Jair Rattner, BBC

06 de setembro de 2007 | 10h20

Depois de ter recebido os resultados das análises realizadas no quarto e nas roupas dos pais de Madeleine McCann - a menina inglesa de 4 anos desaparecida há 126 dias no Algarve -, a Polícia Judiciária portuguesa decidiu convocar os pais para depor. Pela primeira vez, os dois são convocados para depor separadamente: primeiro será a mãe, Katherine, ainda nesta quinta-feira, dia em que chegaram os resultados das análises. O pai, Gerald, será ouvido depois, no final do dia ou na manhã de sexta. O interrogatório de Gery e Kate McCann marca uma mudança de postura da polícia portuguesa em relação aos pais. Um porta-voz da família ressaltou que Kate McCann será questionada como testemunha, e não como suspeita. Além disso, também é a primeira vez que os desenvolvimentos das investigações não são comunicados em primeira mão para os pais de Madeleine. A imprensa portuguesa veiculou várias versões dos resultados das análises realizadas pelo laboratório britânico de Birmingham. Na quarta-feira à noite, o inspetor Olegário de Sousa, porta-voz para este caso da Polícia Judiciária, afirmou à televisão portuguesa SIC que os resultados estavam chegando a conta-gotas e que não havia nada de conclusivo. Nesta quinta-feira, o jornal português Correio da Manhã informa que os cães farejadores enviados pela polícia inglesa encontraram odor de cadáver nas calças e na camisa da mãe, e no animal de pelúcia que pertencia a Madeleine, com a presença de DNA da menina nos vestígios. Madeleine desapareceu no dia 3 de maio do seu quarto num condomínio da Aldeia da Luz, no Algarve, enquanto os seus pais jantavam a 50 metros do quarto em que estavam alojados para uma semana de férias. O caso gerou uma comoção internacional e a partir de donativos de várias personalidades há um prêmio de 4 milhões de euros para quem der informação que conduzam à descoberta da menina.    BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.