Polícia prende 130 em protestos contra governo na Rússia

A polícia russa prendeu pelo menos 130 manifestantes na sexta-feira durante protestos de Ano-Novo em Moscou e São Petersburgo contra restrições à liberdade de reunião e a manutenção na prisão do magnata Mikhail Khodorkovsky.

MIKHAIL ANTONOV, REUTERS

31 de dezembro de 2010 | 18h48

Líderes de oposição estão entre os 70 detidos na capital russa, segundo um site de oposição e a imprensa não oficial.

Ativistas, alguns deles com cartazes que chamavam o premiê Vladimir Putin de "inseto", protestavam contra a decisão judicial desta semana de manter o magnata Khodorkovsky, condenado por roubo e lavagem de dinheiro, na prisão por mais seis anos.

Em São Petersburgo, a polícia afirmou que prendeu cerca de 60 pessoas, que protestavam no centro da ex-capital imperial.

(Reportagem adicional de Denis Pinchuk, em São Petersburgo)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAPROTESTOPRISOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.