Polícia prende suspeito de abusos em orfanato britânico

Homem de 68 anos é envolvido em acusações de abuso de menores entre 11 e 15 anos, desde a década de 1960

Efe,

29 de abril de 2008 | 07h51

Um homem de 68 anos foi detido nesta terça-feira, 29, na investigação sobre os supostos abusos de menores em um antigo orfanato da ilha britânica de Jersey, informou a polícia. O homem, cuja identidade não foi informada, está ajudando na investigação, indicaram as forças da ordem da ilha, que tentam esclarecer o ocorrido em Haut de la Garenne, que funcionou há anos como uma instituição para crianças. Desde fevereiro, quando começaram escavações no local, a polícia realiza uma exaustiva investigação pelo possível abuso de menores desde a década de 60. A polícia tinha informado em fevereiro que encontrou o crânio de uma criança e "objetos significativos", citados por pessoas que denunciaram ter sido vítimas de abusos nessa instituição. No último dia 22, os legistas encontraram dentes de leite em um porão oculto e ossos que foram enviados a laboratórios britânicos para estabelecer se são humanos. A instituição Haut de la Garenne foi fundada em 1867 como uma Escola Industrial, para "jovens das classes mais baixas da sociedade e crianças negligenciadas". Hoje em dia, o prédio abriga um albergue para juventude.

Tudo o que sabemos sobre:
OrfanatoReino Unidoabuso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.