Polícia russa prende suspeitos de canibalismo

A polícia russa prendeu três sem-teto suspeitos de terem comido um homem de 25 anos que assassinaram, vendendo depois os restos do cadáver para uma casa local de kebab.

REUTERS

14 Novembro 2009 | 15h26

As suspeitas aumentaram quando as partes desmembradas de um corpo humano foram encontradas perto de um ponto de ônibus nas redondezas da cidade russa de Perm, a 1.150 quilômetros de Moscou.

Três sem-teto com antecedentes criminais foram presos por suspeita de bater e esfaquear um homem antes de cortar seu corpo para comê-lo, afirmaram investigadores locais em comunicado no site www.susk.perm.ru.

"Depois de cometer o crime, o cadáver foi divido: parte foi comido e parte foi vendida para um quiosque que vende kebabs e tortas", afirmou na sexta-feira o investigador principal da promotoria geral da região de Perm por meio da nota.

Não ficou claro no comunicado se qualquer parte do cadáver chegou a ser vendida a consumidores.

(Reportagem de Guy Faulconbridge)

Mais conteúdo sobre:
RUSSIA CANIBAIS PRESOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.