Polícia usa gás lacrimogêneo para dispersar 'indignados' de Paris

Durante a intervenção, os franceses, solidários aos protestos espanhóis, passaram a pedir reforços através das redes sociais

Efe,

30 de maio de 2011 | 03h23

Manifestantes mostram as palmas das mãos para demonstrar que estão protestando de forma pacífica

 

 

PARIS - A Polícia francesa utilizou no domingo, 29, gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes que há vários dias vinham se concentrando na praça da Bastilha em solidariedade aos "indignados" da Espanha, informou a emissora France Info.

Os agentes utilizaram gás lacrimogêneo enquanto as pessoas que estavam concentradas no lugar há vários dias pediam reforços através de redes sociais como o Twitter.

 

 

Veja também:

linkMovimento de 'indignados' decidem permanecer no centro de Madri

 

 

Segundo fontes policiais, até mil pessoas se concentravam no lugar quando aconteceu a intervenção dos agentes antidistúrbio franceses.

Os manifestantes tinham instalado barracas similares às que estes dias eram vistas na madrilenha Porta do Sol.

O acampamento foi desmontado pelos agentes no dia que reuniu o maior número de pessoas na manifestação.

Os protestos de "indignados" na França começaram no último dia 19 e tomaram a praça da Bastilha como emblemático lugar de reunião, onde, assim como acontecia na Espanha, foram criadas comissões para a organização.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
parisindignadosespanhamadri

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.