Prefeito de Londres pede nova relação da Grã-Bretanha com UE

O prefeito de Londres, Boris Johnson, disse nesta terça-feira que o euro transformou-se num projeto calamitoso e que o povo britânico deveria ter o direito de escolher em um referendo se deseja permanecer no mercado comum da União Europeia.

Reuters

04 de dezembro de 2012 | 08h03

Falando em evento da Thomson Reuters Newsmaker em Londres, Johnson disse que a relação da Grã-Bretanha com a UE deveria ser renegociada a respeito do mercado único, para se concentrar no livre comércio e na redução de barreiras.

"O euro é um projeto calamitoso", disse ele em discurso.

"Esse é o tempo certo para termos um referendo, e seria uma pergunta muito simples. Você quer continuar no mercado comum da UE? Sim ou não?".

Johnson disse ainda que defenderia a permanência britânica na UE se o país renegociasse sua relação com o bloco para ter como base o mercado comum.

(Reportagem de Kate Holton)

Tudo o que sabemos sobre:
GRABRETANHALONDRESUKUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.