Prefeito pró-Rússia é alvejado nas costas na segunda maior cidade ucraniana

O prefeito pró-Rússia de Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, encontrava-se em estado grave nesta segunda-feira após ter sido alvejado nas costas enquanto andava de bicicleta, no mais recente episódio de violência no leste do país.

Reuters

28 de abril de 2014 | 10h09

Gennady Kernes, de 54 anos, pedalava sua bicicleta pelo mesmo trajeto que faz quase todos os dias quando foi atingido, provavelmente por alguém escondido em bosques próximos, disse a porta-voz do governo local, Iryna Kushcjenko.

Seus guarda-costas o seguiam em um carro, mas não se encontravam próximos o bastante para intervir, disse ela.

O Ministério do Interior informou que Kernes foi levado à emergência do hospital de Kharkiv.

"Médicos classificam seu estado como sério", disse o ministério em comunicado.

Kernes, egresso dos próprios quadros da administração local, foi acusado há dois meses pelos novos líderes ucranianos pró-Ocidente de promover o separatismo ao ter demandado a independência quando manifestantes pró-Rússia assumiram o controle de prédio públicos.

Forças ucranianas expulsaram os rebeldes neste mês, o que fez de Kharkiv a única grande cidade no leste do país a ter retomado o controle das mãos de manifestantes armados, que pedem um referendo sobre a independência de maior parte do leste da Ucrânia.

(Reportagem de Christian Lowe e Natalia Zinets)

Tudo o que sabemos sobre:
UCRANIAPREFEITOTIRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.