Premiê britânico implora a escoceses que não dividam o Reino Unido

Premiê britânico implora a escoceses que não dividam o Reino Unido

Segundo David Cameron, separação entre países seria um "divórcio doloroso"

REUTERS

15 de setembro de 2014 | 14h09

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, fez um apelo apaixonado nesta segunda-feira aos escoceses pedindo que abram mão da independência em um referendo na quinta-feira que pode dividir o Reino Unido.

"Se a Escócia votar 'sim', o Reino Unido vai se dividir e seguiremos caminhos diferentes para sempre", disse Cameron em discurso na cidade escocesa de Aberdeen.

Ele demonstrou sua emoção ao alertar que a separação será dolorosa.

"A independência não seria uma separação judicial, seria um divórcio doloroso", disse Cameron, acrescentando que uma vitória do "não" no referendo vai desencadear uma devolução sem precedentes de poderes à Escócia.

(Reportagem de Guy Faulconbridge)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.