Premiê da Malásia se diz chocado com informações de que avião foi abatido

O incidente ocorre meses depois de um avião da mesma companhia ter desaparecido no dia 8 de março, no trajeto de Kuala Lumpur a Pequim

REUTERS

17 de julho de 2014 | 14h15

Primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, se declarou chocado nesta sexta-feira (horário local) com as informações de que um avião da Malaysia Airlines foi abatido na Ucrânia e disse que determinou uma investigação.

"Eu estou chocado com as informações sobre queda de um avião da MH. Nós estamos lançando uma investigação imediata", disse Najib em sua conta no Twitter. MH é o código usado para a companhia Malaysia Airlines.

O incidente ocorre meses depois de um avião da mesma companhia ter desaparecido no dia 8 de março, no trajeto de Kuala Lumpur a Pequim, com 239 pessoas a bordo. O avião ainda não foi encontrado.

(Texto de Robert Birsel)

Tudo o que sabemos sobre:
UCRANIAPREMIEMALASIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.