Premiê turco busca sinal verde do Parlamento para ação no Iraque

O primeiro-ministro da Turquia pedirá aoParlamento do país para autorizar uma incursão militar no nortedo Iraque a fim de combater rebeldes curdos. Analistas dizem que uma grande operação turca na área dafronteira ainda é improvável, mas o governo do premiê TayyipErdogan buscará a aprovação para a medida depois de um feriadopúblico que termina no domingo, afirmou nesta quinta-feira àReuters um membro do partido governista. Os Estados Unidos temem que tal ação possa desestabilizar aárea mais pacífica do Iraque e possivelmente outras partes daregião. Erdogan, no entanto, enfrenta pressão cada vez maiorpara agir depois que Washington decidiu, na véspera,classificar a morte de armênios por turcos otomanos em 1915como genocídio. O Comitê de Assuntos Externos da Câmara dos Deputados dosEUA aprovou uma resolução que vê as mortes como genocídio, umaacusação que a Turquia veemente nega.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.