Presidente da França pede privacidade sobre vida pessoal

O presidente da França, François Hollande, no foco das atenções devido a um suposto caso com uma atriz, se recusou nesta terça-feira a discutir sua vida pessoal, mas disse que irá esclarecer o status da primeira-dama da França antes de uma visita aos Estados Unidos no próximo mês.

Reuters

14 de janeiro de 2014 | 17h01

Sua companheira oficial, Valerie Trierweiler, está internada desde sexta-feira passada depois que uma revista de celebridades publicou fotos do que alegou ser Hollande usando um capacete de moto ao visitar a atriz Julie Gayet para encontros noturnos.

"Todo mundo pode enfrentar desafios em sua vida pessoal. Esse é o nosso caso. Estes são momentos dolorosos. Mas eu tenho um princípio de que a vida pessoal deve ser tratada com privacidade, respeitando a intimidade de cada pessoa", disse Hollande em entrevista coletiva.

"Este não é o lugar nem o momento para (discutir) isso. Se eu não responder a qualquer pergunta sobre esse assunto hoje, vou fazê-lo antes (da visita aos EUA)", disse Hollande.

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAHOLLANDEVIDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.