Presidente da França visita primeira-dama em hospital

O presidente da França, François Hollande, fez uma visita na quinta-feira à sua companheira Valérie Trierweiler, hospitalizada por necessidade de repouso depois dos relatos de que o mandatário tem uma amante, disse uma fonte de seu gabinete.

Reuters

17 de janeiro de 2014 | 14h27

A fonte se recusou a dar maiores detalhes sobre a visita, que ocorreu em meio às dúvidas sobre se Trierweiler, de 48 anos, ainda irá usufruir do título extra-oficial de primeira dama da França e acompanhar Hollande em compromissos de Estado.

Adversários de Hollande, cujo fracasso em recuperar a economia francesa já o tornou o líder mais impopular da França moderna, acusaram-no de macular a Presidência.

O socialista de 59 anos nem confirmou nem negou a reportagem da revista sobre o caso com a atriz Julie Gayet, dizendo somente estar passando por "dificuldades" em sua vida pessoal e que irá esclarecer sua relação com Trierweiler antes da viagem para Washington, entre 9 e 11 de fevereiro.

A princípio, Trierweiler deveria ter saído do hospital Pitié Salpetrière no último final de semana.

A mídia local citou conhecidos da ex-jornalista segundo os quais ela precisa de "paz e sossego" para se recuperar do choque de um episódio que rendeu manchetes no mundo inteiro.

Gayet, de 41 anos, lançou um comunicado no final da quinta-feira negando os relatos de que estaria grávida. Ela pretende processar a revista de celebridades Closer, que na semana passada publicou o que diz serem imagens de Hollande fazendo uma visita noturna a seu apartamento temporário no abastado oitavo distrito de Paris.

Hollande insistiu em seu direito à privacidade e praticamente não mudou sua rotina. Na terça-feira, ele revelou seus planos de reforma econômica para o resto dos cinco anos de seu mandato, e na sexta discursou a diplomatas franceses.

(Por Elizabeth Pineau e Gerard Bon)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.