Maurizio Brambatti/Efe
Maurizio Brambatti/Efe

Presidente da Itália pede a Bersani para avaliar se pode formar governo

O bloco de centro-esquerda controla a Câmara dos Deputados, mas não tem maioria no Senado

Reuters

22 de março de 2013 | 14h49

ROMA - O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, pediu nesta sexta-feira, 22, ao líder de centro-esquerda Pier Luigi Bersani para verificar se ele tem apoio suficiente para formar um governo, e para responder o quanto antes ao chefe de Estado.

Uma vez que a centro-esquerda obteve a maioria dos assentos no Parlamento na eleição do mês passado, Napolitano disse que pediu a Bersani "para verificar se ele tem uma maioria segura para obter um voto de confiança em ambas as Casas do Parlamento".

Bersani disse que tentaria formar um governo voltado para reformas "com o maior equilíbrio e determinação possíveis".

A eleição não resultou em nenhum grupo com maioria no Parlamento capaz de formar um governo sozinho. O bloco de Bersani controla a Câmara dos Deputados, mas não tem maioria no Senado, e ambas as Casas têm os mesmos poderes legislativos.

Acredita-se que Bersani tem apenas pequenas chances de conseguir um acordo com os outros partidos para conquistar apoio no Senado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.