Presidente da Ucrânia espera que processo de paz possa começar na sexta-feira

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, disse nesta quarta-feira esperar que um processo de paz para a conturbada região leste do país possa começar na sexta-feira em Minsk, capital de Belarus, e fez um apelo aos políticos para que apoiem as negociações.

REUTERS

03 de setembro de 2014 | 12h50

"Eu espero bastante que na sexta-feira em Minsk o processo de paz finalmente comece", disse Poroshenko em comunicado.

"O povo da Ucrânia está totalmente a favor (da paz), enquanto os políticos querem uma guerra. Quero dizer que não vou permitir isso", acrescentou.

Representantes da Ucrânia, Rússia e da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) têm conversas marcadas para Minsk, na sexta-feira, em busca de encerrar o conflito de seis meses entre as forças de Kiev e rebeldes pró-Rússia no leste da Ucrânia.

(Reportagem de Pavel Polityuk)

Mais conteúdo sobre:
UCRANIAPOROSHENKOPROCESSODEPAZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.