Presidente russo lamenta decisão da UE sobre Geórgia

O presidente da Rússia, Dmitry Medvedev,disse na quarta-feira ao presidente da França, Nicolas Sarkozy,que lamenta o fato da União Européia não ter culpado a Geórgiapelo início do conflito na região, informou o Kremlin. Medvedev disse ao presidente francês por telefone que notouque os líderes da UE, reunidos em uma cúpula de emergência,tomaram uma decisão "geralmente balanceada" sobre a Geórgia,segundo um comunicado do Kremlin. "Ao mesmo tempo, (Medvedev) mostrou-se descontente com odocumento final da cúpula, que não incluía o reconhecimento deque a Geórgia foi a primeira causa da crise na Ossétia do Sul ena Abkházia", disse o comunicado. (Por Oleg Shchedrov)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.