Presidente russo pede cessar-fogo aos dois lados do conflito na Ucrânia

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu nesta Sexta-feira um cessar-fogo entre as forças do governo ucraniano e dos separatistas pró-russos em combate no leste da Ucrânia para permitir negociações.

REUTERS

18 de julho de 2014 | 09h44

"Conversações diretas entre os lados opostos têm de ser estabelecidas tão logo possível. Todos os lados do conflito têm de interromper rapidamente a luta e começar as negociações de paz", disse Putin em um encontro com líderes da Igreja Ortodoxa russa.

"É com grande preocupação e tristeza que estamos observando o que está acontecendo no leste da Ucrânia. É terrível, é uma tragédia."

(Reportagem de Darya Korsunskaya)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAPUTINSEPARATISTASUCRANIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.