Presidente sérvio é reeleito com margem apertada de votos

Tadic é a favor da entrada do país na União Européia; líder nacionalista Nikolic admite a derrota em 2º turno

ELLIE TZORTZI, REUTERS

03 de fevereiro de 2008 | 21h32

O presidente da Sérvia, Boris Tadic,foi reeleito neste domingo após uma disputa com o nacionalistaTomislav Nikolic, resultado que vai determinar o futuro dasrelações do país com a União Européia. A comissão eleitoral afirmou que foi uma vitória apertadade Tadic, pró-Ocidente, com vantagem projetada de 51 por cento. A eleição foi vista como um referendo sobre como a Sérviadeveria realizar um acordo como Ocidente, após a iminente perdada província separatista de Kosovo. Tadic afirmou que a integração com a União Européia devecontinuar sendo a principal prioridade do país. Nikolic, ao contrário, defende que a Sérvia se volte para aRússia. "Tadic venceu, meus parabéns", afirmou Nikolic na sede deseu partido. "Eu gostaria de pedir a todos que fiquem calmos."

Tudo o que sabemos sobre:
SERVIAELEICAO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.