Presidente ucraniano se diz cautelosamente otimista sobre reunião em Minsk

Poroshenko afirmou que pedirá um cessar-fogo na sexta-feira, na reunião que vai ocorrer em Minsk, capital de Belarus

REUTERS

04 de setembro de 2014 | 16h56

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, disse que estava cautelosamente otimista sobre uma reunião na sexta-feira que tem como objetivo acabar com o conflito na Ucrânia.

Poroshenko afirmou que pedirá um cessar-fogo na sexta-feira, na reunião que vai ocorrer em Minsk, capital de Belarus, com enviados da Ucrânia, da Rússia e do órgão de segurança europeu OSCE.

Em uma entrevista coletiva na cúpula da Otan, Poroshenko expressou "otimismo cauteloso" sobre a reunião.

O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, disse que o mundo "deve responder com determinação caso a Rússia intervenha mais na Ucrânia - responder com sanções econômicas mais profundas, mais amplas, mais duras, que prejudicariam definitivamente a economia russa e a isolariam ainda mais".

(Reportagem de Adrian Croft)

Mais conteúdo sobre:
UCRANIAPRESIDENTECAUTELOSO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.