Primeira-dama francesa está hospitalizada, diz jornal

A primeira-dama francesa, Valerie Trierweiler, foi hospitalizada em Paris na sequência de revelações sobre um affaire entre o presidente François Hollande e uma atriz, disse a mídia da França neste domingo.

Reuters

12 de janeiro de 2014 | 13h59

A BFM Television afirmou que o Palácio do Eliseu confirmou que Trierweiler estava hospitalizada desde sexta-feira por causa de exaustão.

Hollande ameaçou processar a revista de celebridades Closer na sexta-feira, reclamando sobre invasão de privacidade depois que a revista alegou que ele estava tendo um caso com a atriz Julie Gayet.

Um porta-voz de Trierweiler não estava imediatamente disponível para comentar.

O Le Parisien disse que Trierweiler, abalada pelas revelações sobre o affaire, foi levada ao hospital na quitna-feira, logo após ouvir sobre o caso.

O jornal disse que médicos prescreveram descanso e que ela receberia alta em alguns dias.

Hollande e Trierweiler, uma jornalista da revista de celebridades Paris Match, não são casados mas estão em um relacionamento sério há vários anos.

(Por Geert De Clercq e Elizabeth Pineau)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAPRIMEIRADAMAAFFAIR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.