REUTERS
REUTERS

Primeira-ministra da Polônia é hospitalizada após acidente de carro

Limusine de Beata Szydlo colidiu com um Fiat 600; quadro de saúde é estável

O Estado de S. Paulo

11 Fevereiro 2017 | 10h31

A primeira-ministra da Polônia, Beata Szydlo, foi internada em um hospital de Varsóvia após sofrer um acidente de carro. O veículo oficial em que estava, uma limusine, colidiu com um Fiat 600, dirigido por um jovem de 21 anos. Após a batida, o carro saiu da estrada e bateu em uma árvore. 

Segundo o porta-voz do governo, a primeira-ministra passa bem e limitou-se a dizer que o quadro de saúde é "estável". Após o acidente, Beata Szydlo fez exames em um hospital local e depois transportada de helicóptero para o hospital militar de Varsóvia. Dois funcionários do governo também foram hospitalizados. O motorista da limusine teve ferimentos graves nas pernas.

O jovem que dirigia o outro veículo assumiu a culpa no acidente e responderá em liberdade por lesão corporal, com pena de até três anos de prisão. Com informações da AFP.

Mais conteúdo sobre:
Polônia Limusine

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.